As Comissões de Utentes do IC1 de Alcácer do Sal e de Grândola foram recebidas em audiência esta semana pela Comissão de Economia e Obras Publicas para debater assuntos relacionados com o IC1, designadamente o troço da N120 que liga os dois Municípios de Alcácer do Sal e Grândola.

Em comunicado, as Comissões garantem durante a audiência foram apresentados “um conjunto de argumentações e justificações, ou seja, mais do mesmo”, lamentando que, apesar do “manifestado incumprimento do contrato público, o Governo continue sem defender a “segurança, os interesses dos utentes/utilizadores e os interesses estratégicos desta região do Alentejo Litoral”.

“Exigimos infraestruturas de qualidade e com segurança para todos os Utentes, que circulam no IC1/ N120”, rematam.

 

Leia a nota na íntegra:

As Comissões de Utentes do IC1 de Alcácer do Sal e de Grândola foram recebidas em audiência, no passado dia 21 de Abril, pela Comissão de Economia e Obras Publicas.

A audiência resulta da recente solicitação promovida pelas Comissões de Utentes, com o propósito de se debater assuntos relacionados o IC1, com maior relevância, para o troço da N120 que liga os dois Municípios de Alcácer do Sal e Grândola.

Resumidamente, as Comissões retiveram desta audiência, um conjunto de argumentações e justificações, que como se diz em gíria popular, “ foi mais do mesmo”, com exceção da posição da CDU, que reafirmou a sua intensão de levar um novo Projeto de Resolução no sentido da intervenção com caráter de urgência na recuperação do IC1 – troço Alcácer do Sal/Grândola.

“ Vamos apresentar um novo Projeto de Resolução, porque entendemos, que este assunto deve ser permanentemente, discutido em Assembleia da Republica, para que alerte o Governo, da gravidade da situação para utentes e, para, os dois municípios mais atingidos”, cita CDU.

Os restantes deputados presentes, do PS, PSD e CDS/PP, reiterarem um conjunto de argumentações, já salientadas nas recentes audiências, que as Comissões tiveram, separadamente, com cada Grupo Parlamentar, nomeadamente:

“Ainda, decorrem negociações com as entidades bancárias, faltando o visto do tribunal de contas”, cita PSD;

“Já existe verba atribuída à EP/Estradas de Portugal, para efetuar a reparação da estrada, conforme já anunciado publicamente no Plano de Investimento atribuído a esta entidade”, cita CDS/PP;

“Governo, tem anunciado, repetidamente, o início das intervenções nesta rodovia, através das Estradas de Portugal, todavia, estas nunca ocorreram”, cita PS.

Em resumo, as Comissões de Utentes do IC1 reforçam e lastimam que, apesar do manifesto incumprimento deste contrato público, o Governo, não tenha atuado, até esta data, no sentido da defesa da segurança e dos interesses dos utentes/utilizadores, bem como, dos interesses estratégicos desta região do Alentejo Litoral, em particular dos dois concelhos mais atingidos, Alcácer do Sal e Grândola. Por outro lado, não tenha, acima de tudo, defendido os interesses do próprio Estado, enquanto tutela e entidade fiscalizadora.

Todo este processo foi e tem sido, ruinosamente, partilhado na sua gestão, desde 2009 a 2015, pelos Governos do PS e PSD/CDS.

As Comissões de Utentes do IC1 de Alcácer do Sal e Grândola comunicaram, nesta audiência, que promoveram um nova iniciativa, que está a decorrer, de recolha de assinaturas, através de Petição, para levar à discussão em Assembleia da República.

Por fim, exigiram, que é tempo do Governo, dar cumprimento com a máxima rapidez às suas obrigações e promessas de iniciar as Obras de Beneficiação do IC1 (EN 5-EN 120), promovendo dessa forma cívica as indispensáveis condições de circulação em plena segurança de forma consentânea com o nível de serviço exigível a um eixo viário fundamental e salvaguardando o interesse público.

As Comissões de Utentes reafirmaram, que não vão desistir das suas reivindicações e que serão efetuados todos os esforços e ações de luta de forma a acabar com a VERGONHA, que existe nesta infraestrutura rodoviária, entre os dois municípios, citados.

É urgente e necessário dar condições a todos os utentes, que ali passam diariamente, para que se trave o aumento de perdas de vidas humanas, pelo elevado número de acidentes que se têm vindo a registar.

Exigimos infraestruturas de qualidade e com segurança para todos os Utentes, que circulam no IC1/ N120.

 

As Comissões de Utentes do IC1 Alcácer do Sal e Grândola

Partilhe esta notícia