2016 é um ano em que se  assinalam várias datas marcantes no que concerne à vida da nossa democracia: o 40º aniversário da Constituição da Republica Portuguesa, 40º aniversário das primeiras eleições para o Presidente da Republica, 40º aniversário das primeiras eleições regionais e, em dezembro, 40º aniversário das primeiras eleições autárquicas.

 

A Constituição da República, lei fundamental na nossa organização do Estado permanece como um texto inigualável que comporta em si a força e a determinação de um projeto dirigido para a construção de um futuro melhor. As autarquias locais, a sua organização e existência, são fruto da Constituição de Abril, “são pessoas coletivas territoriais dotadas de órgãos representativos, que visam a prossecução de interesses próprios das populações respetivas” (nº2, artº 235 CRP).

 

Em Setúbal, Município de Abril, o ano de 2016 também é um ano significativo e de registo extraordinário. Comemoram-se 250 anos do nascimento de Bocage, o homem que viveu livre e sempre deixou essa liberdade expressa nas palavras. A Câmara Municipal, ao longo do ano, através de um vasto programa, faz com que a cidade se confunda com o poeta e, assim, Elmano Sadino volta a estar ainda mais presente nas escolas, ruas e praças da cidade onde nasceu. Para além de todas as iniciativas que decorrem ao longo do ano destaco, o concurso de Artes Plásticas Bocage com o objetivo de dinamizar o meio artístico local e nacional e assim levar o artista a interagir com a obra do poeta, o 1º congresso internacional Bocage e a encerrar em Setembro o concerto a Bocage pela Orquestra Metropolitana de Lisboa. Bocage será, é celebrado na sua cidade como nunca e passados 250 anos do seu nascimento os seus escritos continuam atuais.

 

Mas 2016 também é sinonimo de Setúbal Cidade Europeia do Desporto. Ao receber este galardão, juntamente com mais 32 cidades europeias, e tendo como padrinhos José Mourinho e Rosa Mota, Setúbal assume uma responsabilidade acrescida no panorama nacional. O Município tem concretizado uma forte aposta no desporto, tendo apostado na requalificação de equipamentos e na organização ou apoio de eventos desportivos. As áreas programáticas do programa assentam em 4 eixos principais:

 

– Setúbal 2016 I Desporto para todos – concretizada através do programa a importância da atividade física e desportiva para todos;

– Setúbal 2016 Transpira I Eventos Desportivos – organização de grandes competições desportivas, dedicadas a atletas de alto rendimento e com forte componente de espetáculo para o publico;

-Setúbal 2016 Ensina I Qualificação e Conhecimento – procura promover o conhecimento e a qualificação de todas as pessoas e organizações envolvidas e interessadas na temática do desporto;

– Setúbal 2016 Inspira I Desporto e Cultura – o desporto visto como uma manifestação cultural, pela força universal da expressão, anulando barreiras culturais.

Vinculada aos valores fundamentais protagonizados pela ACES Europe – Setúbal Cidade Europeia do Desporto 2016 apresenta-se determinada a prosseguir no desenvolvimento de projetos de cariz desportivo com elevado valor.

 

Setúbal Cidade do Bocage, Cidade Europeia do Desporto 2016, Município de Abril, assim se constrói Mais Cidade, Mais Rio, Mais Futuro.

 

 

Por: Álvaro Saraiva – Dirigente nacional de “Os Verdes” (do coletivo regional de Setúbal) e membro da comissão executiva nacional do PEV

Setúbal, 31 de março de 2016

 

Partilhe esta notícia